• logotipodioceseporto
  • Abre a tua porta à alegria do Evangelho

Página não encontrada

Ops! Ocorreu um erro.

Não foi possível encontrar a página que procura. Este erro pode ter ocorrido devido a uma das seguintes razões:

  1. A página mudou de nome.
  2. O link em que clicou estava errado.
  3. A página está temporariamente desactivada.
  4. Esta página não existe. Verifique se inseriu o endereço correctamente no seu browser.
  5. Esta página já existiu mas foi apagada.

Voltar à página inicial

Leituras do dia

  • Sabado, dia 18 de Abril de 2015 : Livro dos Actos dos Apóstolos 6,1-7.
    Naqueles dias, aumentando o número dos discípulos, os helenistas começaram a murmurar contra os hebreus, porque no serviço diário não se fazia caso das suas viúvas. Então os Doze convocaram a assembleia dos discípulos e disseram: «Não convém que deixemos de pregar a palavra de Deus, para servirmos às mesas. Escolhei entre vós, irmãos, sete homens de boa reputação, cheios do Espírito Santo e de sabedoria, para lhes confiarmos esse cargo. Quanto a nós, vamos dedicar-nos à oração e ao ministério da palavra». A proposta agradou a toda a assembleia; e escolheram Estêvão, homem cheio de fé e do Espírito Santo, Filipe, Prócoro, Nicanor, Timão, Parmenas e Nicolau, prosélito de Antioquia. Apresentaram-nos aos Apóstolos e estes oraram e impuseram as mãos sobre eles. A palavra de Deus ia-se divulgando cada vez mais; o número dos discípulos aumentava consideravelmente em Jerusalém e também obedecia à fé grande número de sacerdotes.
  • Sabado, dia 18 de Abril de 2015 : Livro de Salmos 33(32),1-2.4-5.18-19.
    Justos, aclamai o Senhor, os corações retos devem louvá-l’O. Louvai o Senhor com a cítara, cantai-Lhe salmos ao som da harpa. A palavra do Senhor é reta, da fidelidade nascem as suas obras. Ele ama a justiça e a retidão: a terra está cheia da bondade do Senhor. Os olhos do Senhor estão voltados para os que O temem, para os que esperam na sua bondade, para libertar da morte as suas almas e os alimentar no tempo da fome.
  • Sabado, dia 18 de Abril de 2015 :
  • Sabado, dia 18 de Abril de 2015 : Evangelho segundo S. João 6,16-21.
    Ao cair da tarde, os discípulos de Jesus desceram até junto do mar, subiram para um barco e seguiram para a outra margem, em direção a Cafarnaum. Já fazia escuro e Jesus ainda não tinha ido ter com eles. Como o vento soprava forte, o mar ia-se encrespando. Tendo eles remado duas e meia a três milhas, viram Jesus aproximar-Se do barco, caminhando sobre o mar e tiveram medo. Mas Jesus disse-lhes: «Sou Eu. Não temais». Quiseram então recebê-l’O no barco mas logo o barco chegou à terra para onde se dirigiam.